quinta-feira, 2 de outubro de 2014

PIROPOS





Bom dia!

Hoje vou dizer-vos carícias sussurradas nos sons da nossa intimidade.

Enviar rodopiando pelos ares, piropos acrobáticos com ideias afoitas e apimentadas.

Vai a caminho, num bater de asas e por pomba táxi, a flor que acabo de inventar, com cores inexistentes até ao momento em que a receberes.

Hoje, é daqueles dias que desafio a minha timidez a entregar-vos em mão um cumprimento que vos vai deixar embaraçados,

e vou mais longe: a flor e os piropos serão entregues com salamaleques e pantominas.

Hoje, é um bom dia para fazer tudo isso.

E cheguei a esta conclusão quando ainda estremunhado, me aguardava um pintaroxo no beiral da janela por onde olho o mundo, posto de vistas comigo, a desejar-me um bom dia.

Considero que um fenómeno destes - tão raro - é um argumento mais que suficiente de plena felicidade.

Partilho assim esta excelente boa disposição convosco.

E desafio-vos a vivermos juntos este dia épico: relatem-me em pormenor, o que hoje vos fez acordar felizes!

Gozem a flor, ponham ao peito ou a descair ligeiramente da orelha,ajeitem no espelho saiam à rua pimpões e inchados.


É que hoje, e como sempre, está um grande dia!


2 comentários: