terça-feira, 24 de abril de 2018

O DIA





Hoje é o dia, uma comemoração, uma memória
A história de um acontecimento que alguém contou, ou se leu algures.
Os da memória lembram-se muito bem,os da história contada, acham piada ou uma informação inútil.
O que é pena.
Nesse dia, que é hoje o dia,
Pariu-se a criação do futuro,o futuro dos contemporâneos que agora desvalorizam a data.
Se não tivesse existido o dia, hoje, não andariam as flausinas livres, pelos passeios a dizerem tudo.
Tudo, sem silenciamentos.
A efeméride que se comemora, é do deslaçar dos laços e das mordaças, mas parece que não se anda a perceber.
Muitos andam numa morrinha permanente e
desleixada da consciência,
Afastados desse dia substancial

Sem comentários:

Enviar um comentário