quinta-feira, 10 de agosto de 2017

MAR PÚRPURA






Também é azul.

Todos sabem que o mar é bonito,
excepto a quem o mar rouba uma vida,
que também o sabe bonito mas já não o diz mais.

Nas condições exíguas que me vejo na relação com as cores,
sem ter nada a justificar, digo que é púrpura.

Não há notícia de que alguma vez o tenha sido.

Como é das cores, uma das que tenho em maior estima,
dizendo que o vejo púrpura,
exponho os meus sentimentos mais genuínos,
elogiando-o com o que melhor tenho:
a cor púrpura.

Aceitem-me que o mar seja púrpura.

A minha pequena filha pequena,
não percebendo nada de cores na perspectiva de indivíduos
embirrentos que não saem da sua
- ela ainda não é isso, só é pequena -
como tem um bom gosto indiscutível,
acha convictamente que é cor-de-rosa.

Pode bem ser.

Já dei por mim a considerar o mar como sendo abusivamente rosa.
Acima de tudo porque a amo perdidamente,
e não a quero contrariar.
Depois porque rosa é uma cor que combina bem com o mar.

Agora que penso aturadamente,
foram feitos gémeos,

eu é que nunca tinha pensado nisso.


Sem comentários:

Enviar um comentário