segunda-feira, 1 de maio de 2017

TALENTO



                                                           foto: Débora Esaguy



Há o esforço, a persistência, trabalhos duros a desoras.

Frustrações, desalentos, desistência, retorno.


Há o dizer-se isso que fica bem.

todos se solidarizam  com esses exemplos,
relatos genuínos e sérios, abnegação e muitos suores.

Resistência.

Há tudo isso, e tudo isso é bem e bonito,

Mas o que verdadeiramente acontece é um não claramente explicável acontecimento do momento que se espera sejam mais do que um e muitas vezes,

Em que a palavra escrita, a pincelada, a nota de música, outra,

Não obedece ao banal descritivo dos pensamentos tidos,e ganha uma expressão única:

mais bem dita, melhor pintada, de execução exemplar.

E quando é assim, é como se queria que fosse sempre, mas só o é fugazmente, e por vezes nunca.

Quem é o criador? O Eu ou um outro Eu por nós?

As dúvidas que sempre serão dúvidas.


O esforço que será sempre tão cansativo.


Sem comentários:

Enviar um comentário