domingo, 19 de março de 2017

IMORTALIDADE







Não me faltas porque te absorvi. Abriguei-te em definitivo na finitude tua, que será um dia a minha. Assim continuará com os meus filhos e os deles. É a imortalidade.



Sem comentários:

Enviar um comentário